Se tem algo que eu sou viciada são seriados, principalmente nesse frio que está fazendo. Algumas séries nos faz pensar, pensar no que estamos vivendo atualmente e outras são apenas para você entrar no edredom e relaxar assistindo. Pensando nisso, eu separei cinco séries que eu assisti e que vocês precisam dar o play, porque são maravilhosas. (As sinopses são retiradas do site 'adoro cinema', e as opiniões sobre cada série é gosto pessoal)




1- The Handmaid's Tale

Sinopse: Depois que um atentado terrorista ceifa a vida do Presidente dos Estados Unidos e de grande parte dos outros políticos eleitos, uma facção católica toma o poder com o intuito declarado de restaurar a paz. O grupo transforma o país na República de Gilead, instaurando um regime totalitário baseado nas leis do antigo testamento, retirando os direitos das minorias e das mulheres em especial. Em meio a isso tudo, Offred é uma "handmaid", ou seja, uma mulher cujo único fim é procriar para manter os níveis demográficos da população. Na sua terceira atribuição, ela é entregue ao Comandante, um oficial de alto escalão do regime, e a relação sai dos rumos planejados pelo sistema.

O que eu achei: É uma série que te faz ficar pensando como a democracia é frágil e como o direito das mulheres são retiradas facilmente de nós. Os primeiros episódios são tão fortes que eu via picado. Mas hoje, eu vejo o quão necessária essa série é para o mundo. 


2- Rivardale 

SinopseRiverdale traz uma abordagem subversiva de Archie (KJ Apa), Betty (Lili Reinhart), Veronica (Camila Mendes), Jughead Jones (Cole Sprouse), Josie (Ashleigh Murray) e seus amigos, explorando o surrealismo de uma pequena cidade e seus curiosos habitantes. A história começa quando a cidade se recupera de uma trágica perda, o que leva Archie a pensar mais seriamente a respeito de seu futuro. Com isto, ele embarca em uma jornada em busca de realizar o seu sonho de tornar um grande músico; mas cumprir essa missão não será nada fácil, enquanto Archie ainda precisa lidar com sua agitada vida amorosa, dividido entre Betty e Verônica.

O que eu achei: É aquela séria de adolescente mas que te prende do começo ao fim. Para você assistir e relaxar. Eu amo, uma das minhas favoritas. 


3- O mundo sombrio de Sabrina

Sinopse: Prestes a completar dezesseis anos, a jovem Sabrina Spellman (Kiernan Shipka) é obrigada a tomar uma decisão crucial que mudará sua vida para sempre. Ela deve escolher entre o mundo das bruxas e o mundo dos mortais, enquanto luta para proteger a família e os amigos de forças sombrias que os ameaçam.

O que eu achei: Adorei esse terror adolescente. Achei que ficaria com medo em algumas partes, mas a série me surpreendeu demais. Se você tem medo, talvez não seja o ideal para você, já que tem cenas de exorcismo e também de 'demônios'. 


4- Black Mirror

Sinopse: Uma espécie de híbrido entre "The Twilight Zone" e "Tales of the Unexpected", Black Mirror explora sensações do mal-estar contemporâneo. Cada episódio conta uma história diferente, traçando uma antologia que mostra o lado negro da vida atrelada à tecnologia.

O que eu achei: É a séria mais louca que eu já assisti na vida. Não sei explicar o quão alguns episódios mexem comigo. Assim como a primeira indicação, essa também é uma série mais massiva, que alguns episódios são pesados. Mas é sensacional, te faz pensar como a tecnologia pode nos levar para um caminho oposto do que queremos seguir. 



5- Reign


Sinopse: Conta a história da ascensão de Mary Queen of Scots (Adelaide Kane) ao poder, quando ela chega à França aos 15 anos de idade, prometida ao Príncipe Francis, e com suas três melhores amigas como damas-de-companhia. Os detalhes da história secreta da sobrevivência na Corte Francesa, em meio a forças ameaçadoras e muitas intrigas. 

O que eu achei: Apesar deles transforarem a história da rainha Mary em uma série para adolescente, eu amei. Te deixa fascinado para conhecer ainda mais a rainha, como foi sua vida, sua morte e o seu legado. É uma série muito boa, eu me apaixonei. E os figurinos são de dar inveja.


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.