Aprendendo com os próprios erros

07:05

Cresci ouvindo que o tempo cura qualquer magoa e que tudo na vida tem um momento marcado para acontecer. Aquele famoso destino sabe? Com o tempo percebi que realmente o tempo cura tudo, não à dor que ele não saiba curar, acredite, até as maiores dores.


Mas esse tal de destino nunca fez muito parte do meu vocabulário sabe, na minha opinião nós fazemos o nosso próprio destino. Eu aponto para um caminho e remo até lá, não à nenhuma força que ajude isso ou que mude o meu caminho até lá.

Quando fracassamos em algo nem sempre significa que não fomos o suficiente, as vezes testamos o nossos limites, mas não da certo. E não, isso não é destino. Mas acredito que por mais que destino não exista, eu acredito que Deus sabe quando vale a pena deixar aquilo rolar, ele sabe que se cairmos hoje amanha poderemos nos reerguer bem melhor. 

Esses dias quando perdi algo que queria muito eu fiquei tentando procurar um culpado para aquilo, por que eu dei o meu suor naquilo, eu confiei e acreditei e simplesmente caí do meu cavalo. Depois de um tempo chorando e procurando um culpado percebi que por mais que eu não tenha ganhado algo que eu quisesse tanto eu tirei coisas boas daquilo. 

Sempre fui uma menina sonhadora, daquelas ao extremo, daquelas que acreditava que atuaria em uma serie da Disney Chanel. O tempo passou e os meus sonhos só aumentaram, todo dia um sonho novo, mas é isso que me move sabe? Percebi que eu posso sonhar o quanto eu quiser e o quão alto eu quiser, percebi que se eu cair hoje, amanha eu to de pé novamente.

E esse texto é sobre isso, é sobre o tombo que eu levei, me ralei e sofri muito, mas hoje estou aqui de pé e escrevendo o que eu vivi. Fiz do meu sofrimento uma arte, a arte pela qual eu sou apaixonada. Por isso que sofrer é válido, nos faz crescer como pessoa e cada vez que passo por um teste daqueles que eu acho que é o fundo do poço, eu chego a me surpreender e sai de lá com cabeça erguida.

Não é porque o que você fez não agradou as pessoas que o que tu fez seja ruim, que ele não seja maravilhoso para você. Talvez, ele é a melhor coisa que você fez. E tudo o que você faz é um aprendizado, eu aprendi e sei o os erros que não poderão se repetir, os erros que me fazem crescer. 
Eu não faço as coisas somente pelas pessoas, eu faço por que acredito em mim, acredito que eu sou capaz e capacidade não precisa apenas ser mostrada, precisa ser sentida.

                             ❀ face  insta  youtube  twitter 

Você pode amar também

Comente com o Facebook:

4 comentários

  1. Adorei Bia ( posso chamar assim né haha?), muito legal o texto e achei bem motivacional também. Me encontrei em várias linhas aí flor.

    http://blogborboletanoestomago.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por ter se encontrado em várias linhas ♥ Pode chamar sim haha

      Excluir
  2. Amei o texto! ♥
    Linda.
    Beijinhos
    Lanna
    www.meninacaprichosa.com

    ResponderExcluir