Mulher independente ?

Hoje nós mulheres temos muitos direitos perante a sociedade. Se parar para pensar em muitos anos atrás nem direito a estudos tínhamos e hoje a maioria de nós comanda uma sala de aula. O voto era para homens e mulheres nem pensar e hoje somos a presidência da república, não trabalhávamos fora, isso era dever e obrigação do homem, ele que sustentava seus filhos e a mulher cuidando da casa, satisfazendo o marido, hoje as mulheres são donas de empresas...


we heart it
Chegamos aonde queríamos ou estamos quase lá, cada dia mais e mais perto. Mas em vista do passado, já fazemos uma grande diferença na sociedade.Hoje somos presidentes, rainhas, dona de empresas, gerentes, engenheiras, agricultoras, entre outras milhares de coisas que somente homens poderiam fazer. 

Porém, algumas pessoas "parece" que parou no tempo e não aceitam que mulher pode sim ser dependente e tomar o emprego de um homem no mercado de trabalho. Que pode governar uma republica e que não fica em casa só fazendo comida para o marido. Essas pessoas, que não admitem a igualdade do homem com a mulher são chamados de machista.

Mas calma ai, o que é machista? Calma, eu vou te explicar.
- Segundo dicionário é: Atitude ou comportamento de quem não admite a igualdade de direitos para o homem e a mulher, sendo, pois, contrário ao feminismo. 

Pensando nisso, eu entrevistei 4 meninas de diferentes lugares do país sobre o que elas acham de tais comportamentos que ainda são um tabu nessa sociedade machista. 




Joana Carolina, 17 anos. - blog - instagram 
Para mim, não há nenhum problema na mulher "tomar atitude" em qualquer lugar que seja.


Tatiane Souza, 21 anos - blog
Nos dias de hoje, acho até estranho questionar esse tipo de atitude! Por que não poderia? Ela está a fim não está? Então pronto.


Alessandra Tosti, 19 anos - youtube
Uma coisa super natural, afinal, se ela está afim de determinado garoto tem mesmo que chegar nele. As vezes se você ficar esperando a atitude do homem você morre na praia, tem uns que são tão lerdinhos. Mas a questão é que se fossemos levar esse lance de que quem deve tomar a atitude é o homem, nós mulheres não poderíamos nem estar na balada, pois esse lance do homem tomar a atitude vem junto com “mulher de respeito não fica até tarde na rua”, imagina então em uma balada se acabando na diversão.


Mah Rox, 18 anos. - blog
Acho super válido a mulher chegar em um cara na balada. Se ela está afim do rapaz, vai ficar na vontade pra que? Do mesmo modo que eles chegam na gente, nós também podemos chegar neles!


Samara Moré, 19 anos.
Na minha opinião, acho que é importante quebrarmos o tabu do flerte, em que o homem deve dar o primeiro passo. Se gostarmos do cara, porque não dar o primeiro passo? Alias, temos que nos fazer notar ( não de forma vulgar, claro), mas com atitude de mulher decidida..acho que os homens gostam disso.




Joana Tem um limite. Vejo muitas moças por aí justificando até um pouco de vulgaridade com liberdade. Acho que deve usar aquilo que te faz sentir bem, mas claro que há limites.

Tatiane
Acho que tudo tem que ter um equilíbrio, eu me considero bastante liberal com relação a esse tópico, mas não concordo que seja legal essa coisa de usar roupas que mais parecem biquinis em determinados locais. Acho que a pessoa pode usar o que quiser, quando quiser, desde que esteja disposta a aceitar as críticas. Uma mulher com uma saia de dois dedos em um ambiente familiar é desrespeitoso, independente das pessoas serem machistas ou feministas.

Alessandra
Eu realmente acho que roupa curta tem limite, mas somente por questão de que não é necessário se mostrar tanto. Mas o que não podemos aceitar é quando falam que se a mulher está usando roupa curta ela está pedindo pra ser abusada sexualmente. Nem que se andasse pelada por ai, nenhum homem tem direitos sobre o corpo da mulher. Eu amo usar roupa curta, até determinado tamanho, mas eu tenho medo de andar sozinha quando estou vestindo roupa curta por causa do que pode acontecer. Não devemos dizer para as mulheres não usarem roupa curta, mas sim para que os homens não as abusem.
Eu tenho que viver cotidianamente com isso, eu escuto da boca de familiares que se uma mulher está de roupa curta e sozinha ela está pedindo para ser vitima de violência sexual e por isso a culpa é dela. E lógico que escuto reclamações de pais e namorado que meus shorts e vestidos estão curtos que eu tenho que me dar ao respeito.

Mah Rox
Depende do curto. Claro que mulher pode vestir o que quiser, sabendo sempre onde e quando usar. Não vai usar uma micro saia na igreja, não? Mas, por exemplo: Se estiver numa balada, e esse for o estilo dela, por que não?


Samara More
Não mostre o que não está a venda. Se uma mulher usa roupas curtas demais, deve estar preparada para os comentários machistas indesejáveis.





Joana
Ainda existem algumas diferenças no mercado de trabalho. Claro que somos tão competentes quanto, mas esse espaço vai sendo conquistado aos poucos. Já que por muitos anos era passada uma ideia de que o homem era o que sustentava a família, acaba sendo um processo lento, mas acho que se pode chegar a uma igualdade.


Tatiane
Acho que não existe mais isso, pelo menos nas melhores empresas! Tem muitas mulheres ocupando cargos de poder em inúmeras empresas multi nacionais. O que eu acho é que em muitas áreas a mulher tem que batalhar mais do que o homem para se firmar, mas nada que esforço e dedicação não compensem.


Alessandra
Eu particularmente não tenho experiência no mercado de trabalho, mas por causa das coisas que eu estudei e debati em sala de aula, experiências trocadas, sim a mulher é subjugada no mercado de trabalho. Um exemplo que posso dar é as piadinhas que ouço no ônibus quando o motorista é na verdade mulher. É fato que mesmo com as mesmas condições acadêmicas e o mesmo cargo, a mulher ganha menos.

Mah Rox
Atualmente as mulheres vem crescendo cada vez mais no mercado de trabalho e estão conquistando o seu espaço. Conheço mulheres que ganham bem mais que homens. Mulheres que ficam de mímimi que recebem menos é porque nunca trabalharam pra saber!


Samara More
Há pesquisas que mostram que as mulheres ainda são vitimas do machismo dentro do mercado de trabalho. Infelizmente, uma mulher tão qualificada quanto ao homem, ou mais, ainda recebe salários inferiores. Então sim, ainda somos injustamente passadas pelos homens no mercado de trabalho.





Joana
 Não, creio que alguns até preferem. Tenho muitos amigos que já dizem preferir a companhia daquelas mais decididas e que não precisam deles pra tudo.


Tatiane

Acho que sim! Pelo menos uma boa parte ainda se sente inseguro ao saber que a mulher não necessita dele pra nada. Outros acham sexy e o os melhores partidos, apóiam a mulher no que quer que seja, mesmo que ela venha a se tornar completamente independente dele.


Alessandra
Os machistas sim, pois com essas mulheres eles não podem exercer seu falso poder, eles não podem rebaixar essas mulheres pra nada. Os machistas tem medo dessas mulheres, porque elas o fazem se sentir inferiores, como eles fazem com as mulheres que são mais vulneráveis. Esse tipo de homem, em um relacionamento, procura uma mãe e não uma companheira, ele quer a atenção toda pra ele. Ele não suporta ver que uma mulher, o sexo frágil, pode se destacar em algo. Para ele mulher só serve para copulação, procriar e cuidar da casa, ela não pode se divertir e ai dela se ganhar um salario maior do que o dele. Muitas vezes são esses homens que comentem violência doméstica.

Mah Rox
Eles tem medo pois querem ser sempre o dominador, o protetor da mulher.. Quando vê uma mulher independente e certa de si, eles ficam com um pé atrás com toda a certeza.

Samara
Acredito que a nossa independência ainda amedronta alguns (especificamente aqueles que sentem necessidade de dominar a sua parceira), mas vemos hoje que isso mudou muito.






Joana
Elas já são, só precisam descobrir. E isso ainda nem é uma parte tão grande atualmente. Comparando com alguns anos atrás, hoje as mulheres conquistaram muito espaço, e já tem mais noção disso a cada dia. Vejo até um pouco de exagero em algumas pautas feministas. Concordo que ainda há um longo caminho a seguir nesse aspecto, mas já avançamos muito.

Tatiane
A mulher que quer ser independente batalha por isso e esquece, anula essas teorias ultrapassadas da sua mente.

Alessandra
O primeiro passo já está dado, mas falta às mulheres se unirem pela causa. Temos que entender, nenhum gênero é melhor ou pior que o outro, cada um tem suas especificidades. Os homens geralmente são mais fortes e as mulheres têm mais facilidades para lidar com as pessoas. Mas isso não quer dizer que as mulheres são melhor que os homens ou vice-versa, temos que entender que somos humanos e temos que nos respeitar por isso. Falta ainda pra muitas mulheres pararem de pensar que são inferiores, e quebrar o pensamento machista que em que são submetidas em sua criação. Temos que levantar a bandeira, nem melhor nem pior apenas humana. E não se assuste se seu tio machista te chamar de vulgar, para não dizer outras coisas.

Mah
Já somos totalmente independentes! Só não é quem não quer!

Samara

Já somos, pois hoje estudamos e trabalhamos, algo que há não muito tempo atrás não era algo possível de ser feito.



-

Cada uma tem a sua opinião, mas todas conversam entre si. Vem você também deixar a sua opinião e fazer de um país menos machista.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.